sábado, novembro 03, 2007

Conversations With My Dog

Eu não tenho um cachorro desde que a Loli Fofinha, minha meio poodle/meio cocker spaniel preta, fugiu de casa a três anos. Então, para esse post dar certo terei que inventar um cachorro.

O meu cachorro imaginário para esse post se parece uma ovelha. Ele é branco. Branco cinza e não branco alvejante. Ele é peludo, afinal se parece uma ovelha. Seu pêlo não é nem liso, nem enrolado. Tem a aparência de uma chapinha que não deu certo. Ele não tem cabeça. Seu nome é Miolos.

Minha relação com Miolos é deveras conturbada. Já tentei levá-lo para passear em algumas ocasiões. A história é sempre a mesma. Ele executa seu plano de fuga, ao qual vem maquinando desde que foi inventado. Escapole da coleira, corre o mais que pode até quase alcançar a tão sonhada não-existência.

- Miolos, todo esse seu desejo de evasão me magoa.
- (...)
- Não sei, de alguma forma observo que você não se sente completo.
- (...)
- Silêncio não é legal. Você precisa extravasar tudo o que tem aí dentro.
- (...)
- Quando eu digo extravasar, não quero dizer nada relacionado a vômito. Você fez de novo!
- (...)
- Ok, continue achando que a não-existência é melhor do que a vida que você leva. Tudo o que eu faço é te dar uma motivação pra continuar vivendo. Pelo contrário, você já teria definhado.
- (...)

Se esse post fosse uma comédia romântica da Disney, alguém em algum lugar teria um cachorro sem corpo. Nos esbarraríamos no parque e nossos cachorros combinariam uma fuga conjunta. Correríamos atrás deles e os alcançaríamos esbaforidos. Nos apaixonaríamos e juntaríamos nossos dois cachorros em um só. Mas esse post é só um post.

* * * * *

Conversations With My Dog é um livro de auto-ajuda de Zig Ziglar, autor de vários outros livros do gênero como Sucesso para Dummies, citado alguns posts atrás. Este blog não recomenda esse tipo de leitura.

4 Comments:

RafiX said...

Oi Mymi!
Pode responder sim.
É que eu não to muito bem então não me liguei de convidar ninguém... Mas pode responder sim!

E eu volto aqui pra conferir.

Abração!

Monique said...

=DDD! Ótimo, Mymi!

Mas só uma pergunta: como colocar coleira num cachorro sem cabeça? =P

ACANTHA said...

E um cachorro é só um cachorro...

Lady Sith said...

E depois tem gente que reclama de crise de criatividade...