domingo, fevereiro 11, 2007

1.1

Os antigos blogs

Nunca pensei que fosse conseguir manter um blog funcionando por um ano ou mais. Ainda mais se olhar pro meu histórico bloguístico. Meu primeiro blog foi criado no final de 2003, pelo weblogger; não tinha nome, mas lembro que na url vinha mimizinha_16. O template era rosa e eu só postei a palavra teste.

Meu segundo blog veio logo em seguida, em meados de 2004, também pelo weblogger. No lugar onde deveria vir o nome eu vivia colocando trechos de música de Coldplay e Charlie Brown Jr. O primeiro template foi um rosa da Hello Kitty e os posts contavam basicamente coisas da minha vida, tudo em miguxês, e eu puxava bastante o saco dos meus amigos para ver se eles comentavam. Lamentável tudo isso.

Meu terceiro blog foi o mesmo que o segundo, com pouquíssimas diferenças. O endereço era o mesmo (com mymi na url). Na verdade, eu deletei o segundo e comecei a escrever o terceiro por cima. Esse surgiu mais ou menos em 2004. E eu já estava sob forte influência das Garotas que Dizem Ni e queria escrever coisas mais legais. Parei de falar da minha vida e comecei a escrever um rascunho do que viria a ser isso aqui hoje. Não passou de três textos e eu decidi abandoná-lo por justa causa. E eu ainda era semi-miguxa.

Em 2005, eu e a Lígia, uma garota muito legal que eu conheci no fórum do Garotas, decidimos criar um blog conjunto pra falar sobre todas as coisas toscas que existiam no mundo. Dessa vez era um blog no blogspot (que eu conheci graças ao Shanti), chamava-se Ymortal (porque Imortal já existia) e foi inspirado num grande clássico de Sandy & Junior, que diz que "o que é imortal, não morre no final". Fizemos dois posts e o blog foi abandonado em seguida.

Ainda na mesma época lancei o Abóbora Explosiva, meu primeiro blog secreto. Também era feito no blogspot e continha textos que eu escrevi na época da escola do pré até o terceiro ano do Ensino Médio. Eu não divulguei muito o endereço, nem deixei espaço para comentários. Até que um dia...

3 Comments:

Mnq said...

Ah, Mymi! Agora ficou confuso para comentar, mas vai aqui mesmo. Acho que a homenagem não poderia ser mais legal. Seu blog é maravilhoso e as Garotas ficariam orgulhosas em saber que você foi inspirada por elas. E que escreve tanta coisa legal. Parabéns e não ouse deixar seu blog morrer.

Aproveitando o ensejo, você jura que há tanta gente bizarra que cai aqui por acaso?? Que maneiro!!! Estou ansiosa pelas duas postagens semanais!

E não vou nem comentar sobre você ter tido um blog secreto, né? Você nunca tinha me contado!

Beijos

Carol said...

Nossa, quanto vai e vem na blogsfera!

Mas agora que vc cresceu, amadureceu, decidiu o que quer ser quando crescer, parece mais preparada pra um relacionamento mais duradouro.....:-P

E que venham mais aniversários!

PS: não consigo te imaginar miguxa, sério. Eu tento, tento, uso toda a minha infinita capacidade de imaginar coisas bizarras, e não consigo. Que bom que vc foi curada desse mau, viva os 318 pastores!

Mestre Campestre said...

Mymi! Eu não estou atrasado! Ontem eu postei um comentário aqui e ele não apareceu. :/

Bom, eu me senti honrado no domingo quando a Mymi me convidou para fazer uma homenagem a'O Estranho Mundo de Mymi, que ontem completou um ano. Aliás eu queria fazer do que escrevo aqui uma homenagem não só ao blog mas também a Mymi, como amiga e como colega blogueira.

Eu vou confessar, apesar de ser um fã babão eu visito o Estranho Mundo de Mymi menos de metade de vezes que ele merece.

Quando recebi o convite aceitei de imediato não apenas para prestigiar a consagração de um trabalho bem feito como também para emendar um pedido de desculpas.

O que posso dizer? O Estranho Mundo foi sempre um lugar mágico. Tão caótico e divertido como a sensação que se apodera de mim quando me recordo que somos apenas um ponto estático no primeiro eixo da probabilidade. É tão soberbo como um sensual sibilar de uma sábia serpente em seus sinceros sonhos de sucesso soberbo.

Mymi e Estranho Mundo, parabéns aos dois. Espero que com esse emaranhado de palavras eu tenha muito modestamente feito uma homenagem e passado a minha mensagem.

E você visitante bizarro? Estais aí a fazer o quê? Se entrou é porque leu. Se leu, por que não comenta? Vamos, o quão perigoso pode ser? Depois de ler um texto você já tem uma noção de como é. ;)