terça-feira, janeiro 01, 2008

Restart/Reset

Sempre me disseram que apertar reset demais faz mal ao computador. Eu aperto reset demais, pois meu computador não tem boa saúde. Não sei onde ficam os fins, nem os meios, ou se uma coisa justifica a outra formando um ciclo.

Também não acredito que fins de ano fecham ciclos e começos de ano abrem novos. Se eu era pão dura, por exemplo, no dia 31/12, vai ser bem difícil deixar de ser em apenas um dia. Acho um erro as pessoas pensarem que podem mudar hábitos, atitudes e até pensamentos em tão curto espaço de tempo.

Claro que as resoluções de ano novo não são levadas tão literalmente como eu fiz no parágrafo anterior. Elas devem ser desenvolvidas ao decorrer do ano e espera-se que no fim do mesmo o objetivo seja atingido. Acontece que quando o Carnaval chega, uma amnésia coletiva se instala e as resoluções são esquecidas.

Eu vejo as pessoas no ano novo como dois grupos, os que reiniciam após a meia noite do dia 01/01 e os que resetam. Os que reiniciam são aqueles que cometeram erros, admitem, e que fazem planos de ser uma pessoa melhor, de parar de beber às quartas-feiras, de fazer exercícios físicos, elefantetomandococa. Os que resetam têm a mesma base, mas acham que reiniciar dá muito trabalho, ou só resetam porque travaram. No fim continuam os mesmos e com o risco de ganhar erros novos.

Eu sou daquelas que resetam.

3 Comments:

Kami Sal said...

Acho que a maior parte das pessoas é do tipo que reseta...

Josei said...

Nossa, jurava que você ia dizer que reiniciava e talz, para ser politicamente correta. Que bom que é tão honesta.
(*ah, eu também reseto...*)

Normal do Rócio said...

Eu não reinicio, não reseto e não acredito na contagem do tempo. =D